Novos Escritores

Bruna Beber

Bruna Beber é um poetisa carioca. Publicou seu livro de estréia "a fila sem fim dos demônios descontentes" em 2006, de lá pra cá vieram Rapapés & apupos, Balés e Rua da Padaria. Conheça um pouco mais sobre a escritora em sua página pessoal brunabeber.com.br.

Capa do livro A fila sem fim dos demônios descontentes

Compre o livro em A fila sem fim dos demônios descontentes

Jarid Arraes

Capa do livro As Lendas de Dandara
❝ As Lendas de Dandara é um livro que mistura ficção, história e um toque de fantasia, onde são narrados dez contos sobre a guerreira quilombola Dandara dos Palmares, companheira de Zumbi dos Palmares.
(..) Os contos são inspirados em fatos reais da história do Brasil e valorizam a cultura afrobrasileira e a memória de Dandara, tão frequentemente esquecida da historiografia oficial e cuja existência é cercada de controvérsias. Devido a escassez de dados oficiais a seu respeito, a autora sentiu a necessidade de criar narrativas que pudessem inspirar os leitores e espalhar a imagem de uma guerreira negra forte, heroica e protagonista da própria história.❞

As lendas de Dandara de Jarid Arraes
Ilustrado por Aline Valek


Compre o livro em As lendas de dandara


Adriano Lobão Aragão

Capa do livro Ainda havia carambolos nos muros

Adriano Lobão Aragão é um escritor piauiense e professor de língua portuguesa do Instituto Federal do Piauí. Seu livro de estreia (Uns poemas,1998) recebeu o Prêmio Cidade de Teresina através do Concurso Novos Autores. Após o qual várias outras publicações se seguiram, entre elas:Yone de Safo (2006), prêmio Torquato Neto instituído pela Fundação Cultural do Piauí e publicado pela amálgama no ano seguinte, as cinzas as palavras (2009), Os intrépidos andarilhos e outras margens (2012), Os tempos e a forma (2017) e Ainda havia carambolos nos muros (2019).

O Ebook gratuito de Ainda havia carambolos nos muros encontra-se disponivel em http://adrianolob.dominiotemporario.com/bibliografia_2.html

Alex Sampaio - Ressuscito na Cidade Suicida

Capa do livro Ressuscito na Cidade Suicida

"O livro "Ressuscito na cidade suicida" traz poemas e crônicas ambientados numa cidade que se destrói e se abandona (Teresina). E se nós mesmos estivermos nos destruindo, nos abandonando? O autor aborda o suicídio, porém, não o suicídio individualmente considerado, mas uma sociedade suicida."

Mais informações sobre o autor e obra em https://entrecultura.com.br/2018/06/12/conheca-ressuscito-na-cidade-suicida-livro-de-prosa-e-poesia-de-alex-sampaio/

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Erro de português (Oswald de Andrade)

Se Eu Fosse Eu (Clarice Lispector)

“— Vais encontrar o mundo, disse-me meu pai, à porta do Ateneu.”