Novos Escritores

Clóvis Malta



❝Quem gosta de boa poesia, do Brasil e dos brasileiros, vai encontrar tudo isso em O Sapato Verde-Amarelo. Os personagens de Clóvis Malta vivem, morrem e renascem a todo o momento diante de indagações como essas: O que a vida reserva a um homem que não é amado, a uma mulher incapaz de amar? O que pode esperar um povo interessado apenas em ser feliz?

Os leitores são conduzidos para além das entranhas de um país representado pela exótica combinação de cores do título, da vastidão de sua produção poética e de suas riquezas naturais – a começar pelas pessoas. Num universo de limites imprecisos entre o real e o virtual, como o enfrentado hoje pelos brasileiros, nada parece ser o que é, nem nós mesmos. Quem desafiá-lo, vai avançar também na percepção desse desejo que é de todos: amar e ser amado. ❞

O livro pode ser encontrado na versão digital Sapato-Verde-Amarelo-ebook
e impressa Sapato-Verde-Amarelo.


Bruna Beber



Bruna Beber é um poetisa carioca. Publicou seu livro de estréia "a fila sem fim dos demônios descontentes" em 2006, de lá pra cá vieram Rapapés & apuposBalés e Rua da PadariaConheça um pouco mais sobre a escritora em sua página pessoal Avoa dinossauro ou na entrevista concedida a Fabiane Ferreira Entrevista Bruna Beber.


Rua da Padaria 







Compre o livro em Rua da Padaria - Travessa


A fila sem fim dos demônios descontentes
As Lendas de Dandara - Jarid Arraes



As Lendas de Dandara é um livro que mistura ficção, história e um toque de fantasia, onde são narrados dez contos sobre a guerreira quilombola Dandara dos Palmares, companheira de Zumbi dos Palmares.
(..)
Os contos são inspirados em fatos reais da história do Brasil e valorizam a cultura afrobrasileira e a memória de Dandara, tão frequentemente esquecida da historiografia oficial e cuja existência é cercada de controvérsias. Devido a escassez de dados oficiais a seu respeito, a autora sentiu a necessidade de criar narrativas que pudessem inspirar os leitores e espalhar a imagem de uma guerreira negra forte, heroica e protagonista da própria história.❞

As lendas de Dandara de Jarid Arraes
Ilustrado por Aline Valek

Compre o livro em As lendas de dandara

Cangote Envenenado - Sander Brown

Livro de Sander Brown

Cangote Envenenado” é um livro composto por poesias livres, sonetos e cordéis. O livro foi lançado em 2017 pela Editora Penalux e encontra-se disponível para compra em Editora Penalux.

Mais informações sobre o livro em CangoteEnvenenado


PALAVRAS DE RUA - Felipe Saraiça


Editora Pendragon


Livro de Felipe Saraiça

Sinopse: João saiu de casa ainda adolescente. Fugiu sem se despedir e sem muita coisa na mochila. Deixou para trás suas poucas lembranças, mas levou as marcas do passado e dos golpes que ainda doíam. Partiu sem rumo ou direção. Seguiu por ruas e estradas desconhecidas, até que seu corpo ficou exausto e teve que parar. Ali, dormiu olhando as estrelas em cama de concreto e cobertor de papelão. Acordou outro alguém; morador de rua, sem história, marginal. Tornou-se invisível. Passou a estender a mão e pedir moedas, mas receber em troca chicletes mastigados e olhares de desprezo. Porém, entre rostos desconhecidos e olhares vazios, ele também encontrou a bondade e abrigo daqueles que nada tem.


O Rio Trairí Remoía Sertão - Diego Rocha




"O Rio Trairí Remoia Sertão  é romance que pertence à escola literária do Neorrealismo, exaltando a vertente do regionalismo sertanejo. Contém 416 páginas, que têm como espaço o rincão de Cachoeirinhas do Trairí, nordeste brasileiro, e linha temporal entre as décadas de 1960 e 1980, com fatos que lembram a crise econômica, política e ética nos Poderes Públicos do Brasil atual. À obra narram-se fatores sociais marcantes como: miséria, pobreza, fome, desamparo social, proselitismo, populismo, xenofilismo, homofobia, antissemitismo, inflação, corrupção, soberba de políticos, servidores públicos, coronelismo, desesperança, ditadura militar socialista, indústria da seca e fraude eleitoral. Doutro modo, o romance dá lugar à suavidade do companheirismo, da poesia, da apreciação da culinária sertaneja, dos cuidados com a preservação do meio ambiente através da narrativa descritiva de belas paisagens do agreste potiguar, da caatinga. Também, na obra estão presentes elementos como misticismo, causos e lendas do sertão brasileiro. Toda a narrativa se faz em terceira pessoa sob o olhar do narrador personagem chamado Mário - caricatura do malandro, marginal e anti-herói. O formato da escrita transmite um ethos da linguagem do popular, do brejeiro, além de permitir outras variantes linguísticas de seus personagens. Trata-se de escrito instigante e multifacetado de ironias, sarcasmos e reflexões sobre o comportamento da sociedade brasileira e seus valores em crises."


Gatilho Verbal - Quisque






❝O Consultório do Dr. Psicólouco é o destino de vários loucos que, voluntária ou involuntariamente, precisam se modificar para poderem viver nos padrões aceitáveis da sociedade. A partir de um método não-convencional, pelo qual começou a ser reconhecido por sua eficácia, o especialista diplomado se acostumou a resolver as mazelas de seus pacientes com pouco esforço, sem precisar renovar suas técnicas para garantir o precioso lucro da clínica. Porém, a chegada de quatro novos pacientes (ou de pelo menos um deles) promete desestabilizar a rotina de trabalho do doutor. Entre seus diálogos ácidos, "Gatilho Verbal" coloca tudo em cheque: a sanidade, a insanidade, os pilares do comportamento humano e também a cada vez menos latente divergência de crenças e status sociais da vida urbana. Prepare-se para sentir a força destrutiva de cada palavra!❞


Compre o livro em Gatilho Verbal

Nenhum comentário :

Postar um comentário