Primeiro caderno do aluno de poesia

Oswald de Andrade
Pintura de Di Cavalcanti


Senhor
Que eu não fique nunca
Como esse velho inglês
Aí do lado
Que dorme numa cadeira
À espera de visitas que não vêm


(Oswald de Andrade)



Poema extraído do livro Primeiro caderno do aluno de poesia de Oswald de Andrade.

Nenhum comentário :

Postar um comentário