A UM MENINO DE RUA (José Neres)

Menininho triste
Triste de tanto sofrer
Será que nunca viste
O sol cedo nascer?

Garoto cor de neve
De neve negra e quente
A alguém você deve
A tristeza de ser gente.

Menino que passa fome
Fome de saber
Aprende a ler teu nome
Para nunca dele esquecer.

http://obomsamaritano.com.br/de-menino-de-rua-a-microempresario/#lightbox[auto_group1]/3/
Menino de Rua


Poema extraído de Negra Rosa & Outros Poemas - José Neres Obra disponível em Domínio Público.