Pensamentos extraídos do livro "Do Caderno H" (Mário Quintana)

Mário Quintana

A ARTE DE LER

O leitor que mais admiro é aquele que não chegou até a presente linha. Neste momento já interrompeu a leitura e está continuando a viagem por conta própria.

VENERAÇÃO

Ah, esses livros que nos vêm às mãos, na Biblioteca Pública e que nos enchem os dedos de poeira. Não reclames, não. A poeira das bibliotecas é a verdadeira poeira dos séculos.

A COISA

A gente pensa uma coisa, acaba escrevendo outra e o leitor entende uma terceira coisa... e, enquanto se passa tudo isso, a coisa propriamente dita começa a desconfiar que não foi propriamente dita.

CARTAZ PARA UMA FEIRA DO LIVRO

Os verdadeiros analfabetos são os que aprenderam a ler e não lêem.



Pensamentos extraídos do livro Do Caderno H de Mário Quintana.



Outros poemas de Mário Quintana ..

Eu ouço a música

Poema

Bilhete

A viagem

O descobridor

Nenhum comentário :

Postar um comentário